Planos de Saude Em Salvador-BA

A IMPORTÂNCIA DO CORRETOR DE SEGUROS

Exigências Legais e Específicas
De acordo com a CIRCULAR SUSEP N° 127, de 13 de abril de 2000, O corretor de
seguros, pessoa física ou jurídica, é o intermediário legalmente autorizado a angariar e
promover contratos de seguro entre as sociedades seguradoras e as pessoas físicas
ou jurídicas de direito privado, devidamente registrado.

O corretor de planos de saúde pode ter atuação vinculada a uma única operadora ou
ser um intermediador para várias delas, pode atuar exclusivamente com a
intermediação de planos individuais ou ser um especialista em planos coletivos
empresariais. Também pode apresentar-se como pessoa física ou jurídica.

Os corretores de seguros têm um papel fundamental na distribuição e venda de
seguros, tendo em vista que são intermediários independentes que negociam contratos
de seguro para pessoas que procuram proteção para o seu patrimônio, saúde ou vida.

Canais de Distribuição
O corretor independente e a corretora de seguros são os canais de distribuição das
Companhias seguradoras.
A força de vendas das corretoras são os corretores de seguros, prepostos e
assistentes comerciais, que realizam o fechamento de negócios através de visitas,
contatos telefônicos, e-mail, etc., com seus clientes.

 

Vendas e Relacionamento com Clientes – prospectar clientes, demonstrar os
benefícios dos produtos e fechar vendas é a base do negócio da corretora. Manter
clientes satisfeitos, dispostos a renovarem os seguros e manterem seus planos
constitui-se na razão de ser da corretora, pois só assim que ela garantirá sua existência.

O corretor não assume riscos em relação ao seguro contratado. Ele presta assessoria
ao cliente na avaliação de riscos, definindo o valor e a natureza do seguro e auxiliando
o cliente na seleção da companhia seguradora que lhe ofereça as melhores condições
de proteção, atendimento e custo.

O mercado de seguros no Brasil é caracterizado por uma concentração das
companhias seguradoras que competem significativamente por volume e participação de mercado,

Embora as grandes Seguradoras nacionais tenham presença em todas as capitais do
país, com o desenvolvimento da tecnologia da informação e comunicação, o Corretor
de Seguros não precisa estar fisicamente próximo das Companhias Seguradoras.

A agregação de valor fica por conta da qualidade do serviço, da atenção dispensada
ao cliente, do cumprimento de prazos em renovações, da solução de problemas que
por ventura venham a ocorrer junto às seguradoras e, principalmente, da assessoria
técnica que o corretor pode prestar ao cliente, distinguindo-o com compras adequadas
ao seu perfil. Essa assessoria tem um alto valor e costuma ser muito valorizada pelos
clientes. A fidelização e a manutenção de clientes por longos tempos, geralmente têm
a ver com essa confiança adquirida pelo relacionamento.

Plantão de Vendas 

Planos de Saude Em Salvador-BA

A IMPORTÂNCIA DO CORRETOR
O corretor é peça fundamental para o desenvolvimento das atividades da operadora, quando esta busca a ampliação da sua participação no mercado e a angariação de
novos associados, seja de planos individuais ou coletivos. Seu papel é também relevante na manutenção do equilíbrio etário da carteira, angariando associados, preferencialmente de varias faixas etária resultando em melhor controle sobre o índice de sinistralidade.